Publicado por:

Conductel

Data:

9 de setembro de 2020

Tempo de leitura:

5min

Software ilegais: eles são um risco para o seu trabalho

Entenda porque a instalação ilícita de pacotes e programas pode trazer diversos riscos à sua segurança.

Sabe aquele ditado “o barato sai caro”? Você já deve ter ouvido por aí. E se tem uma área onde ele é totalmente aplicável, é na T.I. Nós sabemos que programas e softwares originais muitas vezes têm preços elevados e a saída barata está a apenas um clique dos nossos dedos. Mas, depois da instalação, o uso de softwares piratas pode gerar um custo alto para você, para o seu trabalho e sua empresa.

Quase todo profissional ou empresa que utiliza computadores precisa do sistema operacional Windows. Além disso, muitos utilizam Pacote Office, Adobe, Corel, Antivírus, AutoCad e outros. São pacotes que podem ser acessados por meio do pagamento da licença de uso. Ou seja: você paga à empresa que desenvolveu um valor para utilizar os produtos. Porém, nós sabemos que tudo isso pode ser encontrado gratuitamente na internet, por meio dos programas piratas ou softwares feitos para “crackear” (quebrar a proteção) desses softwares. Tentador, não? Entretanto, se você leva seu trabalho a sério, desista já da ideia de optar pela saída mais barata. Quer saber por que? Nós te damos alguns motivos!

Furto de dados

Nós já falamos em outro post sobre as quadrilhas especializadas em frutos de dados. São criminosos que se utilizam dos conhecimentos da área de informática para invadir os sistemas de empresas e se apoderar de informações importantes. E eles atacam empresas de todo porte: das grandes às pequenas. Os uso de programas piratas pode funcionar como porta de entrada desses criminosos no seu computador. E as consequências você já sabe: perda de informações importantes, ameaças, cobrança de resgate e penalização em caso de perda de dados confidenciais dos seus clientes.

Danificação dos equipamentos

Quando você baixa um software falso, nunca está seguro do que está vindo junto com ele. E, nessa operação, você pode acabar enchendo seu computador com vírus. Em pouco tempo, seu sistema estará lento e sua máquina precisará de manutenção. Se estamos falando de uma empresa com computadores conectados em rede, o risco é maior ainda, já que pode afetar vários equipamentos de uma só vez.

Problemas e falta de garantia

É sexta-feira. O expediente está quase acabando, faltam só alguns ajustes naquela planilha que o cliente pediu e, de repente, tudo trava. Se o software que você usa for falsificado, você não terá para onde correr. É possível perder o trabalho de vários dias e ainda ter que quebrar a cabeça para sair dessa situação. Melhor evitar um contratempo desses, não?

Fiscalização

Os software são propriedade intelectual de quem os criou. Para garantir o controle dos seus contratos de uso, a Microsoft por exemplo conta com uma grande equipe de fiscais treinados para realizar auditorias em qualquer parte do Brasil. Basta uma denúncia e pronto! Você pode receber a visita de um fiscal. Como resultado, a multa pode ser de até R$ 3 mil para cada software irregular encontrado na sua empresa.

Como evitar cair numa roubada?

Falamos dos problemas acima e agora trazemos a solução. A dica final é simples: reserve uma parcela do seu orçamento para planejar a compra dos seus softwares originais. No momento de montar uma empresa, são poucos os administradores e empreendedores que levam esses gastos em conta. Talvez, isso aconteça porque ainda vivemos na fase de transição para a era totalmente digital. Muita gente não se deu conta da importância que os recursos digitais têm em nossa rotina. Mas, se você quer trabalhar com segurança, passe a considerar essa possibilidade. As vantagens são muitas. Além de garantir a segurança e proteção do seu trabalho e dos seus dados, você conta com maior durabilidade. Além disso, muitos softwares originais oferecem assistência técnica. Lembre-se: pagar por um software original não é um gasto, é um investimento a longo prazo. E também uma medida de segurança!

0
Compartilhar: